Em 1935 José Claudino da Nóbrega (1909 – 1995) inicia sua carreira viajando pelas cidades históricas do interior do Brasil em busca de Arte Barroca. Estas peças eram trazidas a São Paulo e ao Rio de Janeiro, onde haviam colecionadores dispostos a adquiri-las e conservá-las. Foi praticamente o início do colecionismo no Brasil. Através deste trabalho pioneiro surgiram importantes coleções que posteriormente transformaram-se em Fundações. Na década de 50 Nóbrega estabelece-se em São Paulo adquirindo a Galeria Dom Pedro II à rua Mathias Aires. Na segunda geração seu filho Claudino Nóbrega amplia o estabelecimento introduzindo também a Arte Moderna Brasileira.

Já na terceira geração, a Galeria Nóbrega, mantém sua tradição trabalhando com artistas que estão inseridos no mercado de arte e na história da arte brasileira, desde os mestres classicos até os contemporaneos consagrados. Com mais de 80 anos no mercado a Galeria Nóbrega tem o comprometimento de fornecer obras cuidadosamente selecionadas aos seus clientes. Tambem presta serviços de consultoria, avaliação e orientação a investidores.
Seu acervo conta com trabalhos de artistas consagrados como: Frei Agostinho de Jesus,  Aleijadinho, Mestre Valentim, Fachinetti, Victor Meirelles, Almeida Jr, Visconti, Portinari, Guignard, Di Cavalcanti, Volpi, Bonadei, Ianelli, Mabe, Yolanda Mohalyi, Sergio Camargo, Tomie Ohtake, Antonio Henrique Amaral, Antonio Dias, Krajcberg, Leonilson, Rodrigo Andrade, Leda Catunda, Senise, Mira Schendel e outros.

IMG 3149

IMG 3207IMG 3212IMG 3158

IMG 3152IMG 3159

Entrar ouCriar conta